Blog Bem Panvel

Cuidados e dicas para as pessoas evitarem cair em golpes

Por 
 | 
23/04/2024
3 min. de leitura

Provavelmente você conhece alguém que sofreu grandes prejuízos, após cair em algum tipo de golpe no Rio Grande do Sul. Ou ainda, conhece as formas de aplicação de golpistas mais recorrentes, como: “ligação de socorro do filho”, “carro estragado e pedido de dinheiro”, “falso funcionário do banco, que liga solicitando a confirmação dos dados do cartão de crédito” e etc. 

Além dessas “alternativas” a internet impulsiona ainda mais a criação de meios de convencimento e talvez um criminoso possa estar “online” e você desconheça. Portanto, para ajudar na ação, de entidades como a Justiça Federal, Febraban, Polícia Civil e etc., que emitiram informações que podem alertar usuários e clientes contra golpes, a Panvel preparou 5 dicas para não cair em truques financeiros. Confira:

1- Não usar a mesma senha sempre:

com a grande oferta de redes sociais e contas bancárias usadas principalmente pelo celular, a principal dica é usar senhas diferentes. Pois caso perca o aparelho, terá mais chances de impedir rapidamente o acesso a aplicativos de bancos.

2- Desconfie de qualquer chamada de número estranho:

caso receba algum pedido estranho de empréstimo de dinheiro por pix ou transição, sequestro ou atualização dos dados bancários, desligue e denuncie. Na dúvida, tente entrar em contato com a suposta pessoa indicada na chamada, como filhos ou esposas.

3- Golpe do pix agendado:

neste procedimento, criminosos realizam uma suposta venda de produtos e solicitam o agendamento do pagamento via pix, inclusive usando logotipos (marcas) e nomes de lojas “parecidas” como as conceituadas no mercado, para tentar convencer a credibilidade do negócio. No entanto, usuários devem desconfiar de qualquer tipo de venda estranha por aplicativos ou contas não autenticadas/validadas. Entre as observações iniciais, verifique o DDD, caso seja um número diferente ao habitual do nosso Estado, ou o link de acesso com endereços desapropriados e não realize qualquer pagamento. 

4- SMS de pagamento de alto valor aprovado no seu cartão:

o celular é realmente muito eficiente, sinalizando as transações realizadas pelos usuários, mas caso você realmente não tenha feito nenhuma operação além do comum, evite clicar em links de renegociações ou trocas de senha. Ligue para o banco ou vá pessoalmente à agência verificar a situação.

5- Pagamentos de falsos boletos bancários:

em caso de dívidas com alguma instituição ou a sua própria farmácia, procure diretamente a drogaria em endereço físico ou contato com um corresponde/atendente oficial para regularizar. Golpistas também utilizam deste recurso para enganar clientes que, por vezes, podem estar com pendências financeiras. Neste caso, as logomarcas e nomes de instituições de credibilidade no mercado, também podem ser usadas para convencimento do cliente. Caso você não tenha nenhuma pendência, desconfie imediatamente, ou verifique as informações e não envie valores sem a confirmação de veracidade da empresa.

O que fazer para se proteger?

Confira algumas dicas de segurança orientadas pela Polícia Civil do Rio Grande do Sul:

-        Além de utilizar senhas diferentes, ative a verificação em dois fatores no aplicativo WhatsApp.

-        Não fornecer dados pessoais pela internet e aplicativos de conversas.

-        Não troque imagens ou vídeos íntimos na internet ou redes sociais.

-        Peça ajuda para alguém de confiança.

-        Denuncie qualquer forma de crime ou violência pelo 197, WhatsApp da Polícia Civil (51) 98444-0606 ou procure uma delegacia mais próxima.

-        Ocorrências podem ser realizadas nos postos de atendimento ou através do site: www.delegaciaonline.rs.gov.br

Prestar atenção, respirar e não tomar atitudes precipitadas podem ajudar quando criminosos tentam aplicar golpes. Fique atento, a qualquer tipo de pagamento online ou através de ligações. No caso da Panvel, não solicitamos nenhuma informação sobre senha ou número do cartão. Além do pix, pagamentos com essa modalidade possuem o nome DIMED, e somente este. Qualquer informação diferente, não é verdadeira.

Outra dica para uma compra segura na Panvel, através do site e do app, é possível realizar a verificação do usuário dois fatores: ela acontece através do e-mail ou SMS incluído pelo cliente durante o cadastro.

Compartilhe
Conheça mais sobre Equipe Panvel.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

menu