AVISO

INFORMAÇÕES SOBRE O PRODUTO

Conteúdo: 21 Drágeas Uso oral, uso adulto. Fabricante: União Química.   Composição Cada comprimido revestido contém: 2,0 mg de acetato de ciproterona;

Tess 2,0/0,035mg 21 Drageas
Compre 3 por:
R$13.69cada
R$15.99
-
+

Preço para o cep 90620-130

A disponibilidade e os preços dos produtos podem mudar de acordo com a sua localidade! (Alterar)

Não sei meu CEP

DESCRIÇÃO

  • Conteúdo: 21 Drágeas
  • Uso oral, uso adulto.
  • Fabricante: União Química.

 

Composição

Cada comprimido revestido contém:

  • 2,0 mg de acetato de ciproterona;
  • 0,035 mg de etinilestradiol.      

 

Excipientes:

  • Dióxido de titânio;
  • Estearato de magnésio;
  • Lactose;
  • Celulose microcristalina;
  • Talco;
  • Opadry;
  • Croscarmelose sódica;
  • Amido;
  • Laurilsulfato de sódio;
  • Dióxido de silício coloidal;
  • Óxido de ferro vermelho.

 


Indicações de uso

  • Tratamento de doenças relacionadas aos hormônios andrógenos na mulher, tais como a acne, principalmente nas formas pronunciadas e naquelas acompanhadas de seborreia, inflamações ou formações de nódulos (acne papulopustulosa, acne nodulocística);
  • Casos leves de hirsutismo (excesso de pelos);
  • Síndrome de ovários policísticos (SOP);
  • Embora Tess também funcione como um contraceptivo oral, ele não deve ser utilizado exclusivamente em mulheres para contracepção e sim reservado apenas para mulheres que necessitam de tratamento para as condições descritas;
  • Recomenda-se ainda, que o tratamento seja retirado de 3 a 4 ciclos após a condição indicada ter sido resolvida e que o Tess não seja continuado unicamente para fornecer contracepção oral.

 


Como funciona

  • Durante a terapia com Tess, reduz-se a função excessiva das glândulas sebáceas, as quais desempenham um papel importante no desenvolvimento da acne e da seborreia;
  • Isto usualmente conduz à resolução das erupções da acne preexistentes, normalmente verificada após 3 a 4 meses de terapia;
  • A oleosidade excessiva da pele geralmente desaparece mais cedo;
  • O tratamento com Tess é indicado para mulheres em idade reprodutiva que exibem formas leves de hirsutismo (excesso de pelo) e, em particular, nos casos de leve aumento de pelos faciais;
  • Entretanto, os resultados apenas tornam-se visíveis após vários meses de tratamento;
  • No tratamento de mulheres com síndrome de ovários policísticos (SOP), Tess alivia os sinais de androgenização, leva à normalização dos parâmetros endócrinos, à redução da formação de cistos e do volume ovariano e auxilia na regularização da menstruação;
  • Tess possui as mesmas propriedades dos contraceptivos orais: quando Tess é tomado corretamente (sem esquecimento de tomada de comprimidos), a probabilidade de engravidar é muito pequena. Portanto, o uso concomitante de outros contraceptivos hormonais não é necessário;
  • Tess pode também apresentar os mesmos efeitos benéficos dos COCs: o sangramento menstrual torna-se menos intenso e o período mais curto, o que pode reduzir a ocorrência de deficiência de ferro. Além disso, a menstruação frequentemente torna-se menos dolorosa.

 

 

Para que serve 

Tess é um medicamento que serve para tratar doenças relacionadas aos hormônios andrógenos produzidos pelo organismo feminino.

 

 

Contraindicações

Este medicamento é contraindicado nos seguintes casos:

  • Histórico atual ou anterior de coágulo em uma veia da perna (trombose), do pulmão (embolia pulmonar) ou outras partes do corpo;
  • Histórico atual ou anterior de ataque cardíaco ou derrame cerebral, que é causado por um coágulo (de sangue) ou o rompimento de um vaso sanguíneo no cérebro;
  • Histórico atual ou anterior de doenças que podem ser sinal indicativo de ataque cardíaco (como angina pectoris que causa uma intensa dor no peito, podendo se irradiar para o braço esquerdo) ou de um derrame (como um episódio isquêmico transitório, ou seja um pequeno derrame, sem efeitos residuais);
  • Um alto risco para formação de coágulos arteriais ou venosos;
  • Histórico atual ou anterior de um certo tipo de enxaqueca acompanhada por sintomas neurológicos focais tais como sintomas visuais, dificuldades para falar, fraqueza ou adormecimento em qualquer parte do corpo;
  • Diabetes mellitus com lesão de vasos sanguíneos;
  • Histórico atual ou anterior de doença do fígado (cujos sintomas podem ser amarelamento da pele ou coceira do corpo todo) e enquanto seu fígado ainda não voltou a funcionar normalmente;
  • Histórico atual ou anterior de câncer que pode se desenvolver sob a influência de hormônios sexuais (como câncer de mama ou dos órgãos genitais);
  • Presença ou antecedente de tumor no fígado (benigno ou maligno);
  • Presença de sangramento vaginal sem explicação;
  • Se estiver usando contraceptivo hormonal;
  • Ocorrência ou suspeita de gravidez;
  • Durante a amamentação;
  • Hipersensibilidade (alergia) a qualquer um dos componentes de Tess. O que pode causar, por exemplo, coceira, erupção cutânea ou inchaço.

 

 

Como usar

  1. A posologia de Tess é igual a da maioria dos contraceptivos usuais. Assim sendo, as mesmas regras de administração devem ser consideradas;
  2. A embalagem contém 21 comprimidos revestidos;
  3. No verso da cartela está indicado o dia da semana no qual cada comprimido deve ser ingerido;
  4. Tome um comprimido por dia, aproximadamente na mesma hora, com água se necessário;
  5. Siga a direção das flechas, seguindo a ordem dos dias da semana, até que tenha tomado todos os 21 comprimidos;
  6. Terminados os comprimidos da cartela, realize uma pausa de 7 dias;
  7. Neste período, cerca de 2 a 3 dias após a ingestão do último comprimido, deve ocorrer sangramento semelhante ao menstrual (sangramento por privação hormonal);
  8. Inicie uma nova cartela no oitavo dia, independentemente de ter cessado ou não o sangramento;
  9. Isto significa que, em cada mês, você vai iniciar uma nova cartela no mesmo dia da semana e que o sangramento por privação vai ocorrer mais ou menos nos mesmos dias da semana.

 

 

ADVERTÊNCIA DE USO:
A PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.