AVISO

INFORMAÇÕES SOBRE O PRODUTO

Anador Gotas 10ml Anador é um medicamento utilizado no tratamento da dor e febre. Os efeitos analgésico e antitérmico podem ser esperados em 30 a 60 m

R$10.71
-
+

Preço para o cep 90620-130

A disponibilidade e os preços dos produtos podem mudar de acordo com a sua localidade! (Alterar)

Não sei meu CEP

DESCRIÇÃO

Anador Gotas 10ml

Anador é um medicamento utilizado no tratamento da dor e febre. Os efeitos analgésico e antitérmico podem ser esperados em 30 a 60 minutos após a administração e geralmente persistem por aproximadamente 4 horas. 

 

Composição

  • Cada mL (20 gotas) contém:
  • 500 mg de dipirona sódica monoidratada, correspondentes a 443,03 mg de dipirona. Cada gota contém 25 mg de dipirona sódica monoidratada.
  • Excipientes: álcool etílico, sacarina sódica di-hidratada, metabissulfito de sódio, sorbitol, glicerol, edetato dissódico di-hidratado, essência de tangerina e água purificada. Teor alcoólico: 0,0002%.

 

Indicações de Uso

Este medicamento é indicado como antitérmico e analgésico.

 

Como funciona

ANADOR é um medicamento utilizado no tratamento de febre e dor. Os efeitos antitérmico e analgésico podem ser esperados em 30 a 60 minutos após a administração e geralmente persistem por aproximadamente 4 horas.

 

Modo de Usar

O frasco de ANADOR vem acompanhado de um moderno tipo de gotejador, de fácil manuseio. Para maior eficiência do gotejamento, inclinar o frasco a 90°.

Para usar:

  1. Rompa o lacre da tampa,
  2. Vire o frasco
  3. Mantenha-o na posição de 90°; para começar o gotejamento, bata levemente com o dedo no fundo do frasco.

 

Contraindicações

Hipersensibilidade à dipirona ou a qualquer um dos componentes da fórmula ou, ainda, com intolerância conhecida aos derivados pirazolônicos (exemplo: isopropilaminofenazona, fenazona, propifenazona, fenilbutazona, oxifembutazona) incluindo caso anterior de agranulocitose em relação a um destes medicamentos; determinadas doenças metabólicas, como porfiria hepática aguda intermitente (risco de indução de crises de porfiria) e deficiência congênita da glicose-6-fosfato-desidrogenase (risco de hemólise); função da medula óssea insuficiente (exemplo: após tratamento citostático) ou doenças do sistema hematopoiético; asma analgésica ou intolerância analgésica do tipo urticária-angioedema, ou seja, pacientes com desenvolvimento anterior de broncoespasmo ou outras reações anafilactóides (exemplo: urticária, rinite, angioedema) provocadas por salicilatos, paracetamol ou outros antiinflamatórios não esteroidais (exemplo: diclofenaco, ibuprofeno, indometacina, naproxeno); crianças menores de 3 meses de idade ou pesando menos de 5 kg; durante os três primeiros e três últimos meses de gravidez. 

ADVERTÊNCIA DE USO:
A PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.