AVISO

mae e filho

Trouxemos a especialista Rosane Baldissera para explicar um pouco sobre amamentação, abaixo algumas dicas importantes.

Benefícios da amamentação
para a mamãe e o bebê

para o bebê
Diminui as chances de:

  • Diarreia e enjoo
  • Gastroenterites
  • Resfriados e gripes
  • Infecções no ouvido e tórax
  • Desenvolver diabetes juvenil
  • Obesidade na adolescência e idade adulta

E ainda melhora:
O desenvolvimento cerebral e ajuda a regular o ciclo do sono.
  • Menos chances de depressão pós-parto;
  • Maior liberação de ocitocina;
  • Menor risco de câncer de mama e ovário;
  • Menos chances de artrite reumatoide;
  • Perda de peso mais rápida no pós-parto;
  • Menor índice de fraturas no quadril por osteoporose.
dicas
Mitos & Verdades

"Algumas mães têm o leite mais fraco"

MITO

Não existe leite fraco! Todo leite materno é rico em nutrientes necessários para o desenvolvimento do bebê.

“Pode pintar os cabelos durante a amamentação sem prejudicar o bebê.”

VERDADE

Desde que que a tintura seja livre de amônia e metais pesados, como o chumbo. Os tonalizantes são uma ótima alternativa neste caso.

"O leite de fórmula artificial sustenta mais que o leite materno.”

MITO

O leite de fórmula é feito à base de leite de vaca que é mais “pesado” e demora mais para ser digerido e o leite materno é leve, de rápida absorção e digestão.

“Estresse interfere na produção de leite.”

VERDADE

Estresse = menos ocitocina = menos fluxo de leite = menos prolactina (hormônio da produção de leite) A produção de leite regulariza quando a mulher fica tranquila.

“Deve-se preparar as mamas durante a gestação.”

MITO

Não há nenhum embasamento científico para isso. O preparo da mãe durante a gestação deve ser o de estudar as técnicas de amamentação.

“O bebê deve mamar sempre que sentir fome.”

VERDADE

A recomendação é que se ofereça o peito em livre demanda, ou seja, sempre que o bebê pedir. Com o tempo, ele fará seu próprio horário.

“Quanto mais água a mulher beber, mais leite produz.”

MITO

O ideal é, em média, 2 litros para a hidratação da mãe + 1 litro para a produção de leite (diários) ou sempre que a mãe sentir sede.

Fonte: Rosane Baldissera, IBCLC Nutricionista e Consultora Internacional de Amamentação - IBLCE.

A gente preparou uma seleção de produtos que facilitam muito durante o período de amamentação.