ACOMPANHE NOSSAS DICAS DE SAÚDE, BEM-ESTAR E BELEZA NOSSO BLOG PANVEL. SAIBA MAIS >
location_on
informe seu cep
cesta panvel
location_on
informe seu cep
adicionar
arrow
cesta panvel

Utrogestan 100mg 30 Cápsulas

(Código: 396257)

Informações sobre o produto

Conteúdo: 30 Cápsulas - 100mg cada Uso oral ou vaginal, uso adulto Fabricante: Besins Healthcare   Composição

visibility   Ler descrição
product-image
product-image
chevron_left product-image chevron_right
-10%
R$ 67,42 R$ 60,68 2x de R$ 30,34 sem juros

VER MAIS

ADVERTÊNCIA DE USO
A PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

DESCRIÇÃO

  • Conteúdo: 30 Cápsulas - 100mg cada
  • Uso oral ou vaginal, uso adulto
  • Fabricante: Besins Healthcare

 

Composição

  • 100 mg de progesterona micronizada;

Excipientes:

  • óleo de amendoim
  • lecitina de soja.

Componentes da cápsula: gelatina, glicerol e dióxido de titânio.

 

Para que é indicado

Distúrbios da ovulação relacionados à deficiência de progesterona, como dor e outras alterações do ciclo menstrual, amenorréia secundária (ausência de menstruação) e alterações benignas da mama;

Insuficiência lútea (diminuição de progesterona na segunda fase do ciclo);

Estados de deficiência de progesterona, na pré-menopausa e na reposição hormonal da menopausa como complemento à terapia com estrogênio.

 

Como funciona

Utrogestan tem como princípio ativo a progesterona natural micronizada, que é quimicamente idêntica à progesterona de origem ovariana. Por isso, age como suplemento da produção de progesterona pelos ovários, quando necessário. Os níveis de progesterona no sangue aumentam a partir da primeira hora e picos plasmáticos são obtidos em uma a três horas após a administração.

 

Para que serve

Utrogestan age como suplemento da produção de progesterona pelos ovários, quando necessário.

 

Contraindicações

Você não deve administrar Utrogestan nas seguintes situações:

  • Câncer de mama ou dos órgãos genitais;
  • Sangramento genital de origem não determinada (sangramento sem causa definida);
  • Acidente vascular cerebral (derrame);
  • Doenças do fígado;
  • Aborto incompleto (permanência de restos no útero da gestação);
  • Câncer do fígado;
  • Doenças tromboembólicas (deslocamento de coágulo de sangue no interior do vaso);
  • Tromboflebite (presença de um coágulo sanguíneo nos vasos com inflamação);
  • Porfiria (doença metabólica do sangue);
  • Hipersensibilidade (alergia) a qualquer um dos componentes da fórmula.

 

Como usar

Seu médico determinará qual via de administração, oral ou vaginal, é a mais apropriada para seu caso e, ainda, poderá modificar a dose e a duração do tratamento de acordo com a indicação considerada e a eficácia do medicamento.