AVISO

Ritmonorm 300mg 30 Comprimidos Revestidos

(Código: 521790)
INFORMAÇÕES SOBRE O PRODUTO

Ritmonorm auxilia no tratamento das alterações do ritmo cardíaco. Composição: Cada comprimido contém:   300 mg de cloridrato de propafenona Excipiente

R$107.83 R$86.26 4x de R$ 21.57 sem juros
-20%
-
+

Preço para o cep 90620-130

A disponibilidade e os preços dos produtos podem mudar de acordo com a sua localidade! (Alterar)

Não sei meu CEP

DESCRIÇÃO

Ritmonorm auxilia no tratamento das alterações do ritmo cardíaco.


Composição:

Cada comprimido contém:

 

  • 300 mg de cloridrato de propafenona
  • Excipientes: amido, celulose microcristalina, croscarmelose sódica, estearato de magnésio, hipromelose, macrogol e dióxido de titânio.
  •  


    Indicação de uso:

    Este medicamento é destinado ao tratamento das alterações do ritmo cardíaco. Ele funciona como um agente antiarrítmico com efeito estabilizador de membrana na célula muscular do coração.


    Como funciona:

    Ritmonorm atua com o objetivo de inibir ou diminuir as irregularidades no ritmo ou mudança na frequência dos batimentos cardíacos, com efeito de membrana muscular do coração. Após a ingestão,  tempo médio para iniciar a ação do medicamento no organismo é de aproximadamente 3 horas.


    Contraindicações:

  • Pessoas alérgicas ao cloridrato de propafenona ou a qualquer outro componente da fórmula do produto;
  • Conhecida síndrome de Brugada;
  • Doença de significante alteração estrutural cardíaca como: insuficiência cardíaca descompensada (disfunção do coração para bombear sangue suficiente às necessidades do organismo) com fração de ejeção do ventrículo esquerdo inferior a 35%;
  • Choque cardiogênico (ocorre após períodos de lenta e progressiva deterioração cardíaca, tornando o coração incapaz de bombear fluxo sangüíneo) exceto quando causado por arritmia (batimento rápido do coração);
  • Diminuição da frequência cardíaca acentuada sintomática;
  • Doença do nódulo sinusal (uma forma específica de arritmia), transtornos preexistentes de alto grau da condução sino-atrial, bloqueios atrioventriculares de segundo e terceiro graus, bloqueio de ramo ou bloqueio distal na ausência de marca-passo externo;
  • Doença pulmonar obstrutiva grave (doença crônica dos pulmões que diminui a capacidade para a respiração);
  • Distúrbio eletrolítico não compensado (ex. desordens nos níveis de potássio no sangue);
  • Pressão sanguínea arterial baixa acentuada;
  • Pacientes que recebem tratamento concomitante com ritonavir;
  • Miastenia grave (doença na qual a transmissão neuromuscular é afetada);
  • Ocorrência de infarto agudo do miocárdio nos últimos 3 meses.
  •  


    Como usar:

    • Este medicamento deve ser ingerido via oral e inteiro, com auxílio de um pouco de líquido e sem mastigar. 
    • Siga a dosagem indicado pelo seu médico.

     


    ADVERTÊNCIA DE USO:
    A PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.