placeOlá, informe seu CEP ou endereçoexpand_more
placeOlá, informe seu CEP ou endereço
keyboard_arrow_right

Redoxon Tripla Ação 10 Comprimidos Efervescentes

(Código: 117415)

Informações sobre o produto

Conteúdo: 10 comprimidos efervescentes Uso oral Uso adulto e pediátrico acima de 12 anos Fabricante: Bayer EAN: 7891106912655 Princ&iac

visibility   Ler descrição
product-imageproduct-imageproduct-imageproduct-image
product-image
chevron_left product-image chevron_right
-15%
R$ 21,99 R$ 18,69
-
1
+

DESCRIÇÃO

  • Conteúdo: 10 comprimidos efervescentes
  • Uso oral
  • Uso adulto e pediátrico acima de 12 anos
  • Fabricante: Bayer
  • EAN: 7891106912655
  • Princípio Ativo: Vitamina C+Zinco+ Vitamina D

 

Redoxon Tripla Ação é um suplemento alimentar com Vitamina C, D e Zinco sabor laranja, com nutrientes que auxiliam no fortalecimento do sistema imune contra vírus, infecções, mudanças climáticas e estresse. Os comprimidos efervescentes de Redoxon Tripla Ação dissolvem rapidamente na água e é recomendado para adultos e crianças com mais de 12 anos. Vitamina C: ajuda a fortalecer as barreiras físicas do sistema imunológico; Vitamina D: contribui para a ativação das células de defesa e Zinco: ajuda na formação de anticorpos.

 

Composição

Cada comprimido efervescente contém:

  • ácido ascórbico (vitamina C) 1 g

 

Excipientes:

  • Essência de laranja
  • Essência de tangerina
  • Sacarina sódica
  • Bicarbonato de sódio
  • Cloreto de sódio
  • Riboflavina
  • Apocaroteno a 1%
  • Sacarose
  • Ácido tartárico

 

 

Para o que é indicado

Redoxon® é indicado como suplemento vitamínico:

 

  • Auxiliar do sistema imunológico;
  • Antioxidante;
  • Pós-cirúrgico e cicatrizante;
  • Doenças crônicas e convalescença;
  • Dietas restritivas e inadequadas;
  • Como auxiliar nas anemias carenciais.
  • Redoxon® também é indicado como suplemento vitamínico para idosos. 

 

Como funciona

A vitamina C (ácido ascórbico) é uma importante vitamina hidrossolúvel (solúvel em água) e antioxidante (neutraliza os efeitos dos radicais livres), participando de diversas reações metabólicas no organismo. Por se armazenar em baixas quantidades no corpo humano, a vitamina C precisa ser obtida através de fontes externas (alimentação ou suplementação) de forma regular e em quantidade suficiente. A vitamina C auxilia e fortalece as defesas do organismo, ou seja, o sistema imunológico: a vitamina C contribui para a proteção das células contra a ação dos radicais livres, bem como de espécies reativas de oxigênio, gerados pela resposta inflamatória.

 

A vitamina C é necessária para o adequado funcionamento dos glóbulos brancos, sua movimentação, eliminação de agentes agressores (como vírus e bactérias, por exemplo), atividade antimicrobiana e para a síntese de colágeno e cicatrização de feridas. Além disso, as quantidades de vitamina C no sangue (plasma) e nos glóbulos brancos (leucócitos) caem rapidamente durante infecções e estresse.

 

A vitamina C tem um importante papel na produção do colágeno. O colágeno é fundamental para a manutenção da barreira física representada pela pele e mucosas contra infecções. A formação prejudicada de colágeno provoca diversos sintomas observados no escorbuto (deficiência grave de vitamina C) como o atraso na cicatrização de feridas, distúrbios do crescimento ósseo, fragilidade dos vasos e má formação da dentina (substância importante para a formação dos dentes). Os níveis de vitamina C nos fumantes é 40% mais baixo que nos não fumantes, podendo ser normalizado através de suplementação. O zinco é um dos oligoelementos mais importantes para o organismo. Assim como a vitamina C, baixos níveis de zinco também podem afetar adversamente a cicatrização de feridas, úlceras e úlceras de decúbito. O zinco também é importante para uma resposta imunológica adequada, a chamada imunidade inata ou não específica, primeira linha de defesa do sistema imunológico, é afetada pela alteração da concentração de zinco. Baixos níveis de zinco prejudicam a ação de determinadas células do sistema imune (linfócitos, células NK), além de determinadas substâncias (complemento) para as ações da resposta imunológica. Essas alterações são consideradas fatores importantes para o aumento da vulnerabilidade a infecções. Não há um “depósito” específico de zinco no organismo. Uma dieta com quantidades insuficientes de zinco é rapidamente seguida por sinais de sua deficiência. Mulheres, idosos e pessoas que fazem dietas com restrição de calorias, encontram-se particularmente sob risco de baixa ingestão de zinco. A diarreia aumenta as perdas de zinco da mucosa intestinal.

 

Tanto a vitamina C como o zinco desempenham papéis funcionais muito importantes na nutrição e manutenção da saúde. Em particular, a vitamina C e o zinco possuem papel importante na função imunológica e na modulação da resistência do organismo a agentes infecciosos, reduzindo o risco, a gravidade e a duração de doenças infecciosas, como o resfriado comum.

 

Contraindicações

Redoxon® Zinco é contraindicado para pacientes que apresentem alergia (hipersensibilidade) a qualquer ingrediente ativo ou excipiente da fórmula, para pacientes com cálculo renal (pedra nos rins) por oxalato, eliminação de oxalato pela urina e para pacientes com insuficiência renal grave (deficiência do funcionamento do rim) ou falência renal, inclusive àqueles que estejam em diálise. O uso de altas doses de vitamina C em pacientes cujos rins não funcionem efetivamente, pode provocar formação de cristais e/ou pedras nos rins ou ainda disfunção renal. O medicamento também é contraindicado para pacientes com hemocromatose (doença em que ocorre absorção excessiva de ferro no organismo).

Redoxon® Zinco é contraindicado para menores de 12 anos.

 

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista. 

 

Como usar

Posologia e Modo de usar: Adultos e crianças maiores de 12 anos, tomar 1 comprimido efervescente ao dia ou a critério médico.

Não exceder 1 comprimido efervescente ao dia a não ser a critério médico. O comprimido efervescente deverá ser dissolvido em um copo com água (aproximadamente 200 ml). Os primeiros sinais de efeito terapêutico podem ser percebidos entre 2 a 3 semanas após tomar o primeiro comprimido efervescente de Redoxon® Zinco, entretanto recomenda-se o uso por no mínimo 4 semanas ou conforme orientação médica.

 

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgião-dentista. farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgião-dentista.