AVISO

INFORMAÇÕES SOBRE O PRODUTO

30 comprimidos 10mg Via oral Uso adulto Fabricante: Pfizer   Composição Cada comprimido de Norvasc® 5 mg ou 10 mg contém     besilato de anlodipino...

Norvasc 10mg 30 Comprimidos
Norvasc 10mg 30 Comprimidos
R$115.72
-
+
Programa de laboratório
Economize com o programa do
laboratório, informe seus dados e pague:
R$ 96.43un.
3x de R$ 32.15 sem juros
-
+
Este produto tem desconto
Exclusivo para clientes
cadastrados no programa:
Slide thumb
O valor de desconto pode variar de acordo com os itens da cesta, quantidade do produto, CPF, cartão ou cupom informado.

Preço para o cep 90620-130

A disponibilidade e os preços dos produtos podem mudar de acordo com a sua localidade! (Alterar)

Não sei meu CEP

DESCRIÇÃO

  • 30 comprimidos
  • 10mg
  • Via oral
  • Uso adulto
  • Fabricante: Pfizer

 

Composição

Cada comprimido de Norvasc® 5 mg ou 10 mg contém

 

 

  • besilato de anlodipino...........................................................10 mg de anlodipino base

 

Excipientes: celulose microcristalina, fosfato de cálcio dibásico anidro, amidoglicolato de sódio e estearato de magnésio.

 

Para que serve Norvasc?


Norvasc® (besilato de anlodipino) é indicado como medicamento de primeira escolha no tratamento da hipertensão (pressão alta) e angina de peito (dor no peito, por doença do coração) devido à isquemia miocárdica (falta de sangue no coração).

Norvasc® pode ser usado isoladamente ou em combinação com outros medicamentos para tratar as mesmas indicações acima.

 

Como Norvasc funciona?

O anlodipino, princípio ativo do medicamento Norvasc®, interfere no movimento do cálcio para dentro das células cardíacas e da musculatura dos vasos sanguíneos. Como resultado dessa ação, o anlodipino relaxa os vasos sanguíneos que irrigam o coração e o resto do corpo, aumentando a quantidade de sangue e oxigênio para o coração, reduzindo a sua carga de trabalho e, por relaxar os vasos sanguíneos, permite que o sangue passe através deles mais facilmente

 

A pressão arterial alta impõe ao coração e às artérias (vasos sanguíneos) uma sobrecarga de trabalho que, em longo prazo, faz com que o coração e as artérias não funcionem adequadamente. Isto pode causar danos nos vasos sanguíneos do cérebro, coração e rins, resultando em acidentes cérebro-vasculares (derrames), insuficiência cardíaca e renal (alteração na função do coração e dos rins). Pressão alta também pode aumentar o risco de infarto (ataque cardíaco). Se a pressão arterial for controlada, esses problemas podem não ocorrer ou pode haver menor possibilidade de que ocorram.

 

Contraindicação

Não use Norvasc® se você tem hipersensibilidade às diidropiridinas* (classe de medicamentos a que pertence o anlodipino, princípio ativo do medicamento) ou a qualquer componente da fórmula. * Norvasc® é um bloqueador do canal de cálcio diidropiridino.

 

Como usar Nosvasc

Norvasc® deve ser ingerido com quantidade de líquido suficiente para deglutição, com ou sem alimentos. No tratamento da hipertensão e da angina, a dose inicial usual de Norvasc® é de 5 mg 1 vez ao dia, podendo ser aumentada pelo seu médico para a dose máxima de 10 mg, dependendo da resposta individual do paciente. Seu médico provavelmente não fará ajuste de dose de Norvasc® na administração concomitante com diuréticos tiazídicos (medicamentos que aumentam a eliminação de urina), beta-bloqueadores (medicamentos para pressão alta e angina de peito), e inibidores da enzima conversora da angiotensina (medicamentos para pressão alta), porque não há interferência desses medicamentos na ação de Norvasc®.

 

Uso em Pacientes Idosos:

não é necessário ajuste de dose em pacientes idosos. As mesmas orientações dadas aos adultos jovens devem ser seguidas para os pacientes idosos

 

Uso em Crianças:

a eficácia e a segurança de Norvasc® não foram estabelecidas em crianças

 

Uso em Pacientes com Insuficiência Hepática:

a administração de Norvasc® deve ser feita com cuidado.

 

Uso em Pacientes com Insuficiência Renal:

Norvasc® pode ser empregado em tais pacientes nas doses habituais. O anlodipino não é dialisável

 

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico. Este medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado.

ADVERTÊNCIA DE USO:
A PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.