AVISO

INFORMAÇÕES SOBRE O PRODUTO

onteúdo: 28 comprimidos Uso oral Fabricante: Libbs Natifa é um medicamento indicado para mulheres na fase da pós-menopausa, em que há grande deficiênc

R$55.24 R$50.27
-
+

Preço para o cep 90620-130

A disponibilidade e os preços dos produtos podem mudar de acordo com a sua localidade! (Alterar)

Não sei meu CEP

DESCRIÇÃO

  • onteúdo: 28 comprimidos

  • Uso oral

  • Fabricante: Libbs

Natifa é um medicamento indicado para mulheres na fase da pós-menopausa, em que há grande deficiência estrogênica pois age repondo tais hormônios.

Esta perda pode acarretar em déficits de conteúdo mineral e ósseo, o que aumenta o risco de fraturas em mulheres nesta fase.

Também é indicado para mulheres histerectomizadas que não fazem uso de terapia combinada de progestagênio. Pode ainda ser usado por pacientes com útero intacto.


Composição

A composição de Natifa contém:

  • Substância ativa de Natifa é o 17-betaestradiol, denominado quimicamente como 17-betaestra-1, 3, 5 (10)-trieno-3, 17-diol ou 3,17-epidiidroxiestratrieno, peso molecular de 272,37 e fórmula empírica C18H24O2. O 17-betaestradiol é praticamente insolúvel em água, sendo solúvel em álcool, acetona, dioxana, clorofórmio e em soluções de hidróxidos álcalis fixos. É pouco solúvel em vegetais.


Para o que é indicado

Natifa é indicado para reposição hormonal em mulheres na pós-menopausa.


Como funciona

Atua repondo minerais que são os principais causadores das falhas estrogênicas em mulheres no período da pós-menopausa.


Para que serve

Natifa ajuda a melhorar os níveis de conteúdo mineral e ósseo, o que afasta o perigo de lesões.


Contraindicação

Natifa é contraindicado para pacientes com:

  • Hipersensibilidade ou alergia a qualquer componente da fórmula;

  • Câncer de mama, seja diagnosticado, suspeita ou histórico familiar;

  • Sangramento genital de causa indeterminada;

  • Hiperplasia endometrial não tratada;

  • Histórico de distúrbio tromboembólico venoso ou arterial;

  • Gravidez confirmada ou suspeita;

  • Disfunção ou doença hepática;  


Como usar

O medicamento deve ser ingerido por via oral, com o auxílio de água e inteiro, em tratamento ininterrupto. A dosagem deve ser respeitada a partir do que for receitado pelo médico.

ADVERTÊNCIA DE USO:
A PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.