AVISO

INFORMAÇÕES SOBRE O PRODUTO

Produto sem informação

R$49.90 R$43.91 2x de R$ 21.96 sem juros
-12%
-
+

Preço para o cep 90620-130

A disponibilidade e os preços dos produtos podem mudar de acordo com a sua localidade! (Alterar)

Não sei meu CEP

BULA

MOTRIN (Pfizer).


Composição

Cada drágea contém: Ibuprofeno 600mg. Excipiente q.s.p. 1 drágea.


Indicações

MOTRIN é um agente antiinflamatório não-esteróide que possui atividades analgésica e antipirética. Age, provavelmente, inibindo a síntese das prostaglandinas. Está indicado em todos os processos reumáticos (artrite reumatóide, osteoartrite, reumatismo articular) e nos traumatológicos relacionados ao sistema musculoesquelético, quando estejam presentes os componentes inflamatórios e dolorosos. MOTRIN está ainda indicado no alívio da dor após procedimentos cirúrgicos em Odontologia, Ginecologia, Ortopedia, Traumatologia e Otorrinolaringologia.


Contra-indicações

MOTRIN (ibuprofeno) não deve ser administrado a pacientes hipersensíveis ao seu princípio ativo, ou a indivíduos com a síndrome de pólipos nasais, angioedema e reatividade broncoespástica ao ácido acetilsalicílico ou a outras drogas antiinflamatórias não-esteróides. Ocorreram reações anafilactóides em tais pacientes.


Reações adversas

Diminuição nos níveis de hemoglobina, de um grama ou mais, foi observada em 20% dos pacientes. As seguintes reações adversas podem ocorrer em 3%-9% dos pacientes tratados com MOTRIN: náusea, dor epigástrica, tontura, rash não-específico, elevação da creatinina sérica e anemia. Embora mais raramente, as seguintes reações adversas foram observadas: insuficiência renal, síndrome lúpica eritematosa com meningite asséptica, icterícia, anormalidades nos testes de função hepática e discrasias sangüíneas. A meningite asséptica é mais comum em pacientes com lúpus eritematoso sistêmico e doenças do tecido conectivo.


Posologia

A dose recomendada é de 600mg, três ou quatro vezes ao dia. Não deve ser excedida a dose diária total de 3.200mg. Na ocorrência de distúrbios gastrintestinais, administrar MOTRIN com as refeições, leite ou anti-ácidos. Em condições crônicas, os resultados terapêuticos são comprovados no prazo de alguns dias a uma semana, porém, na maioria dos casos, estes efeitos são observados ao fim de duas semanas de administração. A posologia de MOTRIN deve ser adequada a cada caso clínico e pode ser diminuída ou aumentada a partir da dose inicial sugerida, dependendo do peso do paciente e da gravidade dos sintomas, seja por ocasião do início da terapia ou de acordo com as respostas positivas ou negativas obtidas. Recomenda-se a menor dose de MOTRIN, a fim de que seja obtido um controle aceitável. Nos casos de artrite reumatóide juvenil, recomenda-se administrar 30-40mg/kg/dia, em doses divididas.


Apresentação

MOTRIN 600mg: Caixa com 30 drágeas.



ADVERTÊNCIA DE USO:
A PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.