AVISO

INFORMAÇÕES SOBRE O PRODUTO

Monocordil é um medicamento que promove uma vasodilatação coronariana e venosa. Possui uma ação relaxante direta sobre a circulação coronária e circul

R$14.91 R$11.93
-20%
-
+

Preço para o cep 90620-130

A disponibilidade e os preços dos produtos podem mudar de acordo com a sua localidade! (Alterar)

Não sei meu CEP

DESCRIÇÃO

Monocordil é um medicamento que promove uma vasodilatação coronariana e venosa. Possui uma ação relaxante direta sobre a circulação coronária e circulação venosa.

 

Composição:

Cada comprimido contém:

 

  • 20 mg de mononitrato de isossorbida;
  • Excipientes: 1 comprimido.
  •  

    Excipientes: celulose microcristalina, dióxido de silício, estearato de magnésio, lactose monoidratada.

     

    Indicações de uso:

     

  • Terapia de ataque e de manutenção na insuficiência coronária;
  • Terapia de ataque e de manutenção na insuficiência cardíaca aguda ou crônica, em associação aos cardiotônicos, diuréticos e também aos inibidores da enzima conversora;
  • Durante a ocorrência de crises de angina ou em situações que possam desencadeá-las;
  • Tratamento e prevenção da angina de esforço (angina secundária, angina estável ou angina crônica);
  • Tratamento e prevenção da angina de repouso (angina primária, angina instável, angina de Prinzmetal ou angina vasoespástica);
  • Tratamento e prevenção da angina pós-infarto.
  •  

     

    Contraindicações:

    Este medicamento é contraindicado nos seguintes casos:

  • Alergia ao mononitrato de isossorbida ou aos outros componentes da fórmula;
  • Pacientes que apresentam pressão arterial baixa (hipotensão).
  •  

    Como usar:

     

  • Você deve tomar os comprimidos por via oral, sem mastigar e com líquido suficiente para engolir;
  • A posologia habitual é de ½ a 1 comprimido, 2 a 3 vezes ao dia, ou a critério médico;
  • Siga a orientação do médico, respeitando horários, doses e duração do tratamento;
  • Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.
  •  

    ADVERTÊNCIA DE USO:
    A PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.