AVISO

Marevan 2,5mg C/ 60 Comprimidos

(Código: 970740)
INFORMAÇÕES SOBRE O PRODUTO

Produto sem informação

R$25.43 R$22.38
-12%
-
+

Preço para o cep 90620-130

A disponibilidade e os preços dos produtos podem mudar de acordo com a sua localidade! (Alterar)

Não sei meu CEP

BULA

MAREVAN (Farmoquímica).


Varfarina sódica


Composição

Cada comprimido contém: Varfarina sódica 5 mg. Excipientes: Lactose, amido de milho, corante vermelho ponceau, glicolato de amido sódico e estearato de magnésio.


Indicações

A varfarina, como todos os anticoagulantes orais, é eficaz na prevenção primária e secundária do tromboembolismo venoso, na prevenção do embolismo sistêmico em pacientes com prótese de válvulas cardíacas ou fibrilação atrial, e na prevenção do acidente vascular cerebral, infarto recorrente e de morte em pacientes com infarto agudo do miocárdio. Os anticoagulantes orais estão indicados na prevenção do embolismo sistêmico em pacientes com doença valvular cardíaca, mas a sua eficácia nestas condições nunca foi demonstrada em ensaios clínicos.


Contra-indicações

A varfarina não deve ser administrada diante de grave doença hepática ou renal, hemorragias, hipertensão arterial grave sem controle, gravidez, endocardite bacteriana e em pacientes com conhecida hipersensibilidade à varfarina. A varfarina é contra-indicada nas primeiras 24 (vinte e quatro) horas após cirurgia ou parto.


Reações adversas

As seguintes reações adversas têm sido relatadas: reações de hipersensibilidade, erupção cutânea, alopecia, diarréia, uma queda inexplicada no hematócrito e uma síndrome purpúrica dos pés. Necrose dérmica nos primeiros dias de tratamento tem sido relatada com pouca freqüência, e na maioria dos casos em mulheres idosas e obesas. O primeiro sinal é uma placa eritematosa edemaciada. A administração de vitamina K neste estágio pode prevenir o desenvolvimento de equimose e infarto. O risco mais importante da terapia com a varfarina é de hemorragia em vários órgãos com conseqüente formação de hematomas, bem como desenvolvimento de anemia. Podem também ser observados febre, náusea e vômito, pancreatite, hemotórax e sangramento nasal. Se forem observados quaisquer destes sintomas suspenda imediatamente o tratamento e fale com seu médico. A varfarina é reconhecidamente teratogênica. Administrada no primeiro trimestre da gravidez pode causar uma síndrome varfarínica fetal, caracterizada por condrodisplasia punctata (pontilhado ósseo) e anormalidades faciais e do SNC, que também pode se desenvolver após administração no segundo e terceiro trimestres. A administração à gestante, em estágios mais avançados da gravidez, está associada à hemorragia fetal e aumento da taxa de aborto. A incidência relatada da síndrome varfarínica fetal tem oscilado entre 5% e 30%. Na Inglaterra, os limites recomendados de exposição à varfarina são 0,1 mg/m3 (longo prazo) e 0,3 mg/m3 (curto prazo).


Posologia

A dose inicial é de 10-15 mg (2-3 comprimidos) por dia, variando em função da idade e do peso corpóreo e ajustada de acordo com os resultados dos testes de controle diário, até que seja obtido o nível desejado de atividade anticoagulante, o que ocorre geralmente entre 3-6 dias após o início do tratamento. A administração concomitante de heparina afeta os resultados dos testes, devendo por isso ser descontinuada pelo menos 6 horas antes da realização do primeiro teste. A dose de manutenção será posteriormente ajustada de acordo com os testes de controle, que deverão ser conduzidos a intervalos regulares.


Apresentação

O produto é apresentado em caixas contendo 10 e 30 comprimidos de 5 mg; embalagem com 30 comprimidos de 7,5 mg.

ADVERTÊNCIA DE USO:
A PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.