AVISO

Lydian 2mg/0,035mg 63 Comprimidos Revestidos

(Código: 6060)
INFORMAÇÕES SOBRE O PRODUTO

Conteúdo: 63 Comprimidos revestidos Uso oral, uso adulto Fabricante: Hypera   Para que serve Lydian? Lydian é indicado no tratamento de doenças relaci

Lydian 2mg/0,035mg 63 Comprimidos Revestidos
R$56.78 R$45.87
-19%
-
+

Preço para o cep 90620-130

A disponibilidade e os preços dos produtos podem mudar de acordo com a sua localidade! (Alterar)

Não sei meu CEP

DESCRIÇÃO

  • Conteúdo: 63 Comprimidos revestidos
  • Uso oral, uso adulto
  • Fabricante: Hypera

 

Para que serve Lydian?

Lydian é indicado no tratamento de doenças relacionadas aos hormônios andrógenos na mulher, como por exemplo: acne, excesso de pelos e síndrome dos ovários policísticos.

 

Como Lydian funciona?

Lydian é uma pílula moderna, considerada de baixa dose hormonal. Ela tem seu uso difundido no combate a acne, seborréia, ovários policísticos. É recomendado que esse medicamento não seja somente prescrito para quem quer evitar a gravidez, mas para mulheres que precisam tratar esses distúrbios andrógenos.

 

Lydian funciona no tratamento contra acne?

Para o tratamento da acne, Lydian deve ser usado quando terapia tópica ou tratamentos com antibióticos sistêmicos não forem considerados adequados. Lydian também é um contraceptivo oral, mas não deve ser utilizado exclusivamente para esta finalidade. Consulte seu médico.

 

Contraindicação

Lydian não deve ser utilizado na presença das condições descritas a seguir. Caso você apresente qualquer uma destas condições, informe seu médico antes de iniciar o uso de Lydian.

 

  • histórico atual ou anterior de coágulo em uma veia da perna (trombose), do pulmão (embolia pulmonar) ou outras partes do corpo;
  • histórico atual ou anterior de ataque cardíaco ou derrame cerebral, que é causado por um coágulo (de sangue) ou pelo rompimento de um vaso sanguíneo no cérebro;
  • histórico atual ou anterior de doenças que podem ser sinal de ataque cardíaco (ex.: como angina pectoris que causa uma dor severa no peito, podendo se espalhar para o braço esquerdo) ou derrame (ex.: ataque isquêmico transitório, ou seja um pequeno derrame, sem efeitos residuais);
  • presença de um alto risco para formação de coágulos arteriais ou venosos (veja o item “Lydian e a trombose” e consulte seu médico que irá decidir se você poderá utilizar Lydian);
  • histórico atual ou anterior de um certo tipo de enxaqueca acompanhada por sintomas neurológicos focais tais como sintomas visuais, dificuldades para falar, fraqueza ou adormecimento em qualquer parte do corpo; 
  • diabetes mellitus com lesão de vasos sanguíneos; 
  • histórico atual ou anterior de doença do fígado (cujos sintomas podem ser amarelamento da pele ou coceira do corpo todo) e enquanto seu fígado ainda não voltou a funcionar normalmente;
  • uso de qualquer medicamento antiviral que contenha ombitasvir, paritaprevir, ou dasabuvir ou combinações destes. Esses medicamentos antivirais são utilizados para tratamento de hepatite C crônica (doença infecciosa que afeta o fígado, de longa duração, causada pelo vírus da hepatite C); 
  • histórico atual ou anterior de câncer que pode se desenvolver sob a influência de hormônios sexuais (ex.: câncer de mama ou dos órgãos genitais); 
  • histórico atual ou anterior de tumor no fígado (benigno ou maligno); 
  • presença de sangramento vaginal sem explicação; 
  • se estiver usando contraceptivo hormonal; 
  • ocorrência ou suspeita de gravidez; 
  • durante a amamentação; 
  • hipersensibilidade (alergia) a qualquer um dos componentes de Lydian. O que pode causar, por exemplo, coceira, erupção cutânea ou inchaço.

 

Como usar

anticoncepcional Lydian tem um ciclo de 21 dias, onde se deve ingerir as pílulas diariamente, sempre no mesmo no horário para assegurar a sua eficácia. Se no mês anterior a mulher não utilizou nenhum método contraceptivo hormonal, o Lydian deve ser iniciado no primeiro da menstruação.

Após a ingestão dos 21 comprimidos, haverá uma pausa de 7 dias, nesse período vai ocorrer o sangramento por privação hormonal. No 8º deve-se começar uma nova cartela.

Se a mulher estiver trocando de método contraceptivo, é importante ler a bula e principalmente consultar um médico antes de fazer a transição de medicamento.

Tenha um controle efetivo de horário para ingerir esse medicamento, pois a eficácia do Lydian é mantida somente quando ingerida corretamente. Muitas mulheres engravidam devido aos esquecimentos, episódios de vômitos e diarréias após a ingestão da pílula e algumas interações medicamentosas.

ADVERTÊNCIA DE USO:
A PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.