AVISO

INFORMAÇÕES SOBRE O PRODUTO

Conteúdo: 15 cápsulas Uso oral e adulto Fabricante: EMS S/A Itraspor é um medicamento antifúngico utilizado para tratar a micoses sistêmicas e superfi

R$64.34 R$60.48 3x de R$ 20.16 sem juros
-
+

Preço para o cep 90620-130

A disponibilidade e os preços dos produtos podem mudar de acordo com a sua localidade! (Alterar)

Não sei meu CEP

DESCRIÇÃO

  • Conteúdo: 15 cápsulas

  • Uso oral e adulto

  • Fabricante: EMS S/A

Itraspor é um medicamento antifúngico utilizado para tratar a micoses sistêmicas e superficiais da pele, unhas, boca, olhos, vagina ou órgãos internos. Sua ação impede o fungo de sobreviver e se multiplicar.


Composição

Cada cápsula dura de Itraspor contém:

  • 100 mg de itraconazol


Excipientes:

  • Sacarose

  • Macrogol

  • Copolímero de Ácido Metacrílico e Metacrilato de Etila

  • Hipromelose


Para o que é indicado

Itraspor é indicado para o tratamento de infecções fúngicas da vagina, pele, boca, olhos, unhas ou órgãos internos.


Como funciona

O itraconazol, substância ativa de Itraspor, inibe a síntese do ergosterol (componente vital da membrana celular dos fungos) em células fúngicas. Essa ação tem como consequência um efeito antifúngico.

Nas infecções de pele, as lesões desaparecem completamente em algumas semanas após o término do tratamento (2 a 4 semanas). O itraconazol mata o fungo, mas a lesão desaparece junto com o crescimento da pele sadia.

As lesões das unhas desaparecem apenas 6 a 9 meses após o final do tratamento uma vez que itraconazol apenas mata o fungo, havendo necessidade de a unha crescer para a cura ser observada.


Para que serve

Itraspor é um antimicótico, ou seja, serve para combater infecções causadas por fungos.


Contraindicação

Itraspor é contraindicado para:

  • Alérgicos ao itraconazol ou a qualquer um dos componentes do medicamento;

  • Grávidas sem indicação médica ou mulheres com possibilidade de engravidar;

  • Pacientes com insuficiência cardíaca (também chamada de insuficiência cardíaca congestiva ou ICC);

  • Uso concomitante a terfenadina, astemizol, mizolastina, bepridil, felodipino, nisoldipino, lercanidipino, ivabradina, ranolazina, eplerenona, ticagrelor cisaprida, sinvastatina, lomitapida, lovastatina, midazolam (oral), triazolam, lurasidona, pimozida, sertindol, levacetilmetadol (levometadil), metadona, halofantrina, irinotecano, di-hidroergotamina, ergotamina, ergometrina (ergonovina), metilergometrina (metilergonovina), disopiramida, dronedarona, quinidina, dofetilida, domperidona, isavuconazol, naloxegol, avanafila e dapoxetina;

  • Em casos de insuficiência renal ou hepática, não utilizar o medicamento ao mesmo tempo que colchicina, fesoterodina, solifenacina e telitromicina.

Atenção:

  • Comunique ao seu médico quais os remédios estão sendo usados antes de iniciar o tratamento. Além das substâncias listadas acima, existem outros medicamentos que interferem no uso de Itraspor e que podem ser afetados por sua ação;

  • Este medicamento contém açúcar. Portanto, deve ser usado com cautela em portadores de diabetes.


Como usar

O Itraspor deve ser administrado por via oral, imediatamente após uma refeição. As cápsulas devem ser tomadas inteiras e com auxílio de água.

ADVERTÊNCIA DE USO:
A PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.