AVISO

INFORMAÇÕES SOBRE O PRODUTO

  Conteúdo: 25mg/ 5mg Uso oral Uso adulto Fabricante: Boehringer Ingelheim     Composição Cada comprimido revestido contém:   25 mg de empagliflozina

R$369.05 R$324.76 12x de R$ 27.07 sem juros
-12%
-
+

Preço para o cep 90620-130

A disponibilidade e os preços dos produtos podem mudar de acordo com a sua localidade! (Alterar)

Não sei meu CEP

DESCRIÇÃO

 

  • Conteúdo: 25mg/ 5mg
  • Uso oral
  • Uso adulto
  • Fabricante: Boehringer Ingelheim

 

 

Composição

Cada comprimido revestido contém:

 

  • 25 mg de empagliflozina e 5 mg de linagliptina.

 

Excipientes:

 

  • Manitol
  • Amido (pré-gelatinizado e de milho)
  • Copovidona
  • Crospovidona
  • Talco
  • Estearato de magnésio
  • Hipromelose
  • Dióxido de titânio
  • Macrogol
  • Óxido de ferro vermelho

 

 

Indicações de uso

GLYXAMBI é indicado para melhorar o controle da glicose (açúcar) no sangue em adultos com diabetes mellitus tipo 2, associado ao tratamento com metformina, dieta e exercícios físicos. GLYXAMBI pode ser usado como tratamento inicial em pacientes não elegíveis ao tratamento com metformina.

 

Como funciona

GLYXAMBI é um medicamento que possui duas substâncias ativas associadas, a empagliflozina e a linagliptina, as quais atuam juntas e de forma complementar no controle da glicose (açúcar) no sangue. A empagliflozina inibe a reabsorção do excesso de glicose no sangue pelo rim, aumentando a eliminação deste açúcar pela urina, levando também a uma perda de calorias e de peso. A linagliptina aumenta a produção de insulina, que é o hormônio responsável pela redução de açúcar no sangue, e diminui a produção de glucagon, que é um dos hormônios que aumenta o açúcar no sangue, resultando em uma melhora geral na regulação da glicose (açúcar) no sangue.

 

Como usar

A dose inicial recomendada de GLYXAMBI é 10 mg/5 mg (empagliflozina 10 mg/ linagliptina 5 mg), uma vez ao dia.

Em pacientes que toleram GLYXAMBI 10 mg/5 mg (empagliflozina 10 mg/ linagliptina 5 mg) uma vez ao dia e que requerem controle glicêmico adicional, seu médico poderá aumentar a dose para GLYXAMBI 25 mg/5 mg (empagliflozina 25 mg/linagliptina 5 mg), uma vez ao dia. GLYXAMBI pode ser ingerido com ou sem alimento.

 

Não é necessário ajuste de dose para pacientes com comprometimento renal com TFGe ≥30mL/min/1,73 m2 ou com comprometimento hepático. Não é necessário ajuste de dose com base na idade, porém o início da terapia com GLYXAMBI não é recomendado em pacientes com 75 anos ou mais, pois a experiência terapêutica é limitada nesta população.  

 

Este medicamento não deve ser partido ou mastigado.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem conhecimento do seu médico.

ADVERTÊNCIA DE USO:
A PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.