AVISO

Formocaps 12mcg 30 Cápsulas C/ Inalador C

(Código: 814100)
INFORMAÇÕES SOBRE O PRODUTO

Produto sem informação

R$64.66 R$54.31
-16%
-
+

RECEBA ESTE PRODUTO MENSALMENTE

Com a Assinatura Panvel você pode assinar e receber mensalmente seus produtos favoritos sem cobrança de taxas, além de garantir esse preço por mais tempo. (Saiba mais)

Preço para o cep 90620-130

A disponibilidade e os preços dos produtos podem mudar de acordo com a sua localidade! (Alterar)

Não sei meu CEP

BULA

FORMOCAPS (Biosintética).


Fumarato de formoterol


12mcg


Composição

Cada cápsula contém: Fumarato de formoterol 12 mcg; Excipiente (manitol) q.s.p. 1 cápsula.


Indicações

Tratamento profilático dos broncoespasmos em pacientes com doença obstrutiva reversível das vias aéreas, tais como asma brônquica, asma noturna e doença pulmonar obstrutiva crônica, com ou sem enfisema. Profilaxia de broncoespasmo induzido por exercício. Como o efeito broncodilatador de FORMOCAPS (fumarato de formoterol) é ainda significativo por 12 horas após a inalação, a terapia de manutenção de duas vezes ao dia pode controlar, na maioria dos casos, o broncoespasmo associado a condições crônicas, tanto durante o dia como à noite.


Contra-indicações

FORMOCAPS (fumarato de formoterol) é contra-indicado para pacientes com um histórico de hipersensibilidade ao fumarato de formoterol ou ao manitol.


Reações adversas

Sistema musculoesquelético: Câimbras musculares ocorrem ocasionalmente. Sistema cardiovascular: Podem ocorrer alterações mínimas da pressão arterial e da freqüência cardíaca em doses terapêuticas de formoterol. Já em altas doses podem ocorrer alterações eletrocardiográficas, mas, em geral, o formoterol é considerado seguro em pacientes asmáticos com altas doses. Palpitações pela via inalatória são mais raras que pela via oral. Sistema metabólico: Aumentos significativos da glicemia são observados com o uso de altas doses de formoterol inalatório. Quedas dose-dependentes dos níveis séricos de potássio têm sido observadas após inalação do formoterol. Sistema dermatológico: Foram observados raramente prurido e rash cutâneo. Sistema nervoso central: Ocasionalmente ocorrem cefaléia, vertigem, ansiedade, tremores generalizados, fadiga e insônia. Trato respiratório: Alguns pacientes apresentam tosse durante o uso de formoterol. Pode ocorrer broncoespasmo paradoxal durante a administração de medicamentos inalatórios. Outras: Reações de hipersensibilidade, como reações anafiláticas, foram observadas raramente.


Posologia

Para uso em adultos e em crianças acima de cinco anos de idade. Terapia de manutenção de asma: Adultos: Inalação de 1 a 2 cápsulas (12-24 mcg), duas vezes ao dia. Crianças acima de cinco anos: Inalação de 1 cápsula (12 mcg), duas vezes ao dia. Dose máxima de 24 mcg/dia. Se necessário, podem ser usadas a cada dia 1 a 2 cápsulas adicionalmente às requeridas para a terapia de manutenção, para o alivio de sintomas. Se a necessidade de dose adicional for mais que ocasional, nova consulta médica deve ser feita e a terapia reavaliada, já que isso pode indicar uma deterioração da condição subjacente. Terapia para broncoespasmo induzido por exercício ou antes de exposição inevitável a alérgeno desconhecido: Adultos: 1 cápsula (12 mcg) deve ser inalada, com aproximadamente 15 minutos de antecedência ao esforço físico. Em pacientes com asma grave, a inalação de 2 cápsulas (24 mcg) pode ser necessária. Crianças acima de cinco anos: 1 cápsula (12 mcg) deve ser inalada, com aproximadamente 15 minutos de antecedência. A medicação irá assegurar proteção contra o broncoespasmo por cerca de 8 horas. FORMOCAPS (fumarato de formoterol ) não é recomendado a crianças com menos de cinco anos de idade.


Apresentação

Embalagem contendo 30 cápsulas de FORMOCAPS (fumarato de formoterol) 12 mcg com inalador. Embalagem contendo 30 cápsulas de FORMOCAPS (fumarato de formoterol) 12 mcg (refil). Embalagem contendo 60 cápsulas de FORMOCAPS (fumarato de formoterol) 12 mcg com inalador. Embalagem contendo 60 cápsulas de FORMOCAPS (fumarato de formoterol) 12 mcg (refil).

ADVERTÊNCIA DE USO:
A PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.