AVISO

Espironolactona 25mg 30 Comprimidos Ems Genérico

(Código: 833700)
INFORMAÇÕES SOBRE O PRODUTO

Conteúdo: 30 comprimidos Uso oral, adulto e pediátrico Medicamento genérico Fabricante: EMS S/A. A Espironolactona é um diurético e anti-hipertensivo

R$21.65 R$10.99
-49%
-
+

RECEBA ESTE PRODUTO MENSALMENTE

Com a Assinatura Panvel você pode assinar e receber mensalmente seus produtos favoritos sem cobrança de taxas, além de garantir esse preço por mais tempo. (Saiba mais)

Preço para o cep 90620-130

A disponibilidade e os preços dos produtos podem mudar de acordo com a sua localidade! (Alterar)

Não sei meu CEP

DESCRIÇÃO

  • Conteúdo: 30 comprimidos
  • Uso oral, adulto e pediátrico
  • Medicamento genérico
  • Fabricante: EMS S/A.

A Espironolactona é um diurético e anti-hipertensivo utilizado no tratamento do aumento da pressão arterial sem causa determinada e distúrbios relacionados a inchaço e acúmulo de líquidos.

Ainda colabora como terapia auxiliar nos casos de hipertensão maligna, na redução dos níveis sanguíneos de potássio e magnésio, e no diagnóstico, tratamento e pré-operatório em pacientes com hiperaldosteronismo primário.


Composição

Cada comprimido de Espironolactona contém:

  • 25 mg de espironolactona

Excipientes:

  • Sulfato de Cálcio Di-hidratado
  • Estearato de Magnésio
  • Povidona
  • Amido


Para o que é indicado

Espironolactona é indicada para:

  • O tratamento da hipertensão essencial (aumento da pressão arterial sem causa determinada);
  • Casos de distúrbios relacionados ao inchaço, como: edema e ascite (acúmulo de líquido dentro do abdome) relacionados à insuficiência cardíaca congestiva (quando o coração torna-se incapaz de bombear sangue em quantidade suficiente para suprir as necessidades do corpo);
  • Casos de cirrose hepática (perda importante de células do fígado e comprometimento de suas funções) e síndrome nefrótica (doença renal que leva à perda de proteína na urina), edema idiopático (inchaço sem causa aparente);
  • Como terapia auxiliar na hipertensão maligna (tipo grave de pressão arterial elevada);
  • A prevenção da hipopotassemia (diminuição dos níveis sanguíneos de potássio) e hipomagnesemia (diminuição dos níveis sanguíneos de magnésio) em pacientes tomando diuréticos;
  • O diagnóstico e tratamento do hiperaldosteronismo primário (aumento dos níveis sanguíneos de aldosterona sem causa aparente);
  • O tratamento pré-operatório de pacientes com hiperaldosteronismo primário.


Como funciona

A Espironolactona atua como diurético e anti-hipertensivo. Sua ação aumenta a eliminação de água através da urina e, como consequência, diminui a pressão arterial.


Para que serve

Por sua ação diurética, a Espironolactona é utilizada principalmente no tratamento da hipertensão, problemas relacionados à retenção de líquidos e distúrbios edematosos, entre outras indicações.


Contraindicação

A Espironolactona é contraindicada para:

  • Pacientes que apresentam hipersensibilidade à espironolactona ou a qualquer componente da fórmula;
  • Pacientes com insuficiência renal aguda (diminuição aguda da função dos rins) e diminuição significativa da função renal;
  • Casos de anúria (perda da capacidade de urinar), hiperpotassemia (aumento dos níveis sanguíneos de potássio) ou doença de Addison;
  • Pacientes com hipercalemia (aumento dos níveis sanguíneos de potássio);
  • Uso concomitante de eplerenona.


Como usar

O medicamento deve ser administrado por via oral, com auxílio de água. Não deve ser partido, aberto ou mastigado.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

ADVERTÊNCIA DE USO:
A PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.