AVISO

Eno Tabs Comprimidos Mastigáveis Frutas Sortidas Com 8

(Código: 626330)
INFORMAÇÕES SOBRE O PRODUTO

O Eno Tabs é composto por 8 comprimidos mastigáveis com sabor de frutas sortidas. Serve para tratar sintomas associados à queimação no estômago, azia

R$6.55
-
+

Preço para o cep 90620-130

A disponibilidade e os preços dos produtos podem mudar de acordo com a sua localidade! (Alterar)

Não sei meu CEP

DESCRIÇÃO

O Eno Tabs é composto por 8 comprimidos mastigáveis com sabor de frutas sortidas. Serve para tratar sintomas associados à queimação no estômago, azia e má digestão entre outros desconfortos estomacais.


Composição:

Cada comprimido mastigável contém:

 

  • 750 mg de carbonato de cálcio;
  • Sacarose;
  • Amido;
  • Talco;
  • Petrolato líquido;
  • Ácido adípico;
  • Polisfosfato de sódio;
  • Corantes (FD&C vermelho nº 40 CI16035, FD&C amarelo nº 6 CI15985, FD&C amarelo nº 5 CI19140, FD&C azul nº 1 CI42090);
  • Aromas (cereja, laranja, limão e lima).
  •  


    Indicações de uso:

    O medicamento é indicado como antiácido para tratar sintomas relacionados à acidez estomacal, como:

     

  • Pirose;
  • Hiperacidez gástrica;
  • Dispepsia;
  • Indigestão ácida.
  •  


    Como funciona:

    O Carbonato de Cálcio (princípio ativo do medicamento) neutraliza o ácido produzido no estômago, aliviando o desconforto causado pelo excesso de acidez.


    Contraindicações:

    Este medicamento não deve ser utilizado por pacientes que apresentam:

  • Hipercalcemia;
  • Hipercalciúria;
  • Dieta pobre em fósforo;
  • Histórico de alergia ao Carbonato de Cálcio (substância ativa) ou a qualquer outro componente da fórmula.

  • Como usar:

  • Mastigue 1 ou 2 comprimidos de cada vez, ou conforme a orientação do médico;
  • A dose diária máxima recomendada é de 10 comprimidos a cada 24 horas. Caso esteja grávida, o limite é de 6 comprimidos ao dia. Para esta dose, o período máximo de uso recomendado do produto é de 2 semanas. Mas lembre-se de seguir as orientações do seu médico.
  • ADVERTÊNCIA DE USO:
    A PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.