AVISO

INFORMAÇÕES SOBRE O PRODUTO

ANCORON 200MG 30 Comprimidos   Apresentações Ancoron® 200 mg: embalagem contendo 30 comprimidos revestidos.  Composição Cada comprimido revestido cont

R$48.39 R$43.07
-11%
-
+

RECEBA ESTE PRODUTO MENSALMENTE

Com a Assinatura Panvel você pode assinar e receber mensalmente seus produtos favoritos sem cobrança de taxas, além de garantir esse preço por mais tempo. (Saiba mais)

Preço para o cep 90620-130

A disponibilidade e os preços dos produtos podem mudar de acordo com a sua localidade! (Alterar)

Não sei meu CEP

DESCRIÇÃO

ANCORON 200MG

30 Comprimidos

 

Apresentações

Ancoron® 200 mg: embalagem contendo 30 comprimidos revestidos. 



Composição

Cada comprimido revestido contém: cloridrato de amiodarona ...............................................200 mg

excipientes q.s.p. ................................................................................................... 1 comprimido

(ácido esteárico, amido, crospovidona, povidona, estearato de magnésio, hipromelose, macrogol).

 


Indicações de uso

Ancoron® é indicado para os seguintes casos:

 

  • distúrbios graves do ritmo cardíaco, inclusive aqueles resistentes a outras terapêuticas;
  • taquicardia ventricular sintomática (aumento da frequência cardíaca que se origina nos ventrículos do coração);
  • taquicardia supraventricular sintomática (aumento da frequência cardíaca que se origina nos átrios do coração);
  • alterações do ritmo cardíaco associadas à síndrome de Wolff-Parkinson-White (uma forma de arritmia, que é uma alteração na frequência ou no ritmo dos batimentos cardíacos). 

 


Como funciona?

Ancoron® é um produto que contém em sua fórmula o cloridrato de amiodarona. Esta substância tem a finalidade de regularizar as alterações dos batimentos cardíacos (arritmias), que podem ocorrer em alguns tipos de doença. A ação inicial após administração oral varia de 2-3 dias até 3-6 semanas. O efeito terapêutico de Ancoron® deve-se ao acúmulo do cloridrato de amiodarona nos tecidos. 

ADVERTÊNCIA DE USO:
A PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.