AVISO

INFORMAÇÕES SOBRE O PRODUTO

  ANADOR® (dipirona monoidratada)   Conteúdo:  Comprimidos 500 mg: embalagens com 24, 128, 240 e 512 comprimidos.     Composição Cada comprimido conté

R$20.85
-
+

Preço para o cep 90620-130

A disponibilidade e os preços dos produtos podem mudar de acordo com a sua localidade! (Alterar)

Não sei meu CEP

DESCRIÇÃO

 

ANADOR®

(dipirona monoidratada)

 

  • Conteúdo:  Comprimidos 500 mg: embalagens com 24, 128, 240 e 512 comprimidos.

 

 

Composição

Cada comprimido contém:

  • 500 mg de dipirona monoidratada, correspondentes a 443,03 mg de dipirona.
  • Excipientes: hipromelose, povidona, dióxido de silício, sacarose, amarelo de quinolina, amido, talco, estearato de magnésio, álcool etílico, água purificada.

 

Indicações de Uso

Este medicamento é indicado como analgésico (para dor) e antitérmico (para febre).

 

 

Como funciona

ANADOR é um medicamento à base de dipirona, utilizado no tratamento da dor e febre. Tempo médio de início de ação: 30 a 60 minutos após a administração e geralmente duram aproximadamente 4 horas.

 

Como usar

Você deve tomar os comprimidos com líquido (aproximadamente ½ a 1 copo), por via oral.

 

Adultos e adolescentes acima de 15 anos: 1 a 2 comprimidos até 4 vezes ao dia.

 

Em pacientes com insuficiência nos rins ou no fígado recomenda-se que o uso de altas doses de dipirona seja evitado, uma vez que a taxa de eliminação é reduzida nestes pacientes. Entretanto, para tratamento em curto prazo não é necessária redução da dose. Não existe experiência com o uso de dipirona em longo prazo em pacientes com insuficiência nos rins ou no fígado.

 

Em pacientes idosos e pacientes debilitados deve-se considerar a possibilidade das funções do fígado e dos rins estarem prejudicadas.

 

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou do cirurgiãodentista.

 

Este medicamento não deve ser mastigado.

 

ADVERTÊNCIA DE USO:
A PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.