AVISO

INFORMAÇÕES SOBRE O PRODUTO

Conteúdo: 21 cápsulas Uso oral Uso adulto  Fabricação: Sanofi Medley Farmacêutica Ltda.   COMPOSIÇÃO Cada comprimido revestido contém: acetato de clor

Aixa 21 Comprimidos
R$49.38 R$39.89
-19%
-
+

RECEBA ESTE PRODUTO MENSALMENTE

Com a Assinatura Panvel você pode assinar e receber mensalmente seus produtos favoritos sem cobrança de taxas, além de garantir esse preço por mais tempo. (Saiba mais)

Preço para o cep 90620-130

A disponibilidade e os preços dos produtos podem mudar de acordo com a sua localidade! (Alterar)

Não sei meu CEP

DESCRIÇÃO

  • Conteúdo: 21 cápsulas
  • Uso oral
  • Uso adulto 
  • Fabricação: Sanofi Medley Farmacêutica Ltda.

 

COMPOSIÇÃO

Cada comprimido revestido contém:

acetato de clormadinona 2 mg

etinilestradiol  0,03 mg

excipientes q.s.p. 1 comprimido (lactose monoidratada, amido, povidona, edetato dissódico di-hidratado, estearato de magnésio, copolímero de metacrilato amino álcali, laurilsulfato de sódio, ácido esteárico, talco, dióxido de titânio, óxido de ferro vermelho, sorbato de potássio, alginato de propanodiol). 

 

Para que serve Aixa?

AIXA é indicado como anticoncepcional e para o tratamento da acne papulopustular moderada estritamente limitado a mulheres que desejam a contracepção e para as quais o uso seguro do medicamento para contracepção foi cuidadosamente avaliado

 

Como Aixa funciona?

AIXA é um anticoncepcional hormonal, ou seja, é um medicamento composto por hormônios que previne a gravidez. Ele deve ser tomado por via oral e, ao ser tomado da forma indicada nesta bula, inibe a liberação do óvulo (célula reprodutora da mulher), que é uma célula necessária para que ocorra a gravidez. Além disso, a secreção da vagina é modificada, fazendo com que os espermatozoides (célula reprodutora do homem) se movimentem menos e de forma mais lenta

 

Contraindicação 

Você não deverá tomar AIXA:

  • se você estiver grávida ou achar que está grávida;  
  • se você for alérgica (hipersensível) às substâncias ativas etinilestradiol ou acetato de clormadinona ou a qualquer um dos componentes do AIXA;
  • se você observar os primeiros estágios ou sinais de um coágulo sanguíneo, inflamação das veias ou embolismo, como dor aguda súbita, dor no peito ou sensação de rigidez no peito;
  • se você tiver história pessoal ou familiar de problemas nas veias e artérias;
  • se você for forçada a ficar parada por um longo período (por exemplo, descanso restrito à cama ou devido a uma imobilização com molde de gesso) ou se você pretender realizar uma cirurgia (pare de tomar o AIXA por, pelo menos, quatro semanas antes da data programada da cirurgia);
  • se você tiver diabetes e o seu açúcar sanguíneo variar incontrolavelmente ou se você tiver alterações nos vasos sanguíneos;
  • se você tiver pressão alta difícil de controlar ou se sua pressão aumentar consideravelmente (valores constantemente acima de 140/90 mmHg);
  • se você tiver um distúrbio de coagulação do sangue (por exemplo, deficiência de proteína C);
  • se você sofrer de inflamação do fígado (por exemplo, devido a um vírus) ou icterícia e seus valores hepáticos ainda não tiverem retornado ao normal;
  • se você tiver coceira em todo o corpo ou sofrer de um distúrbio de fluxo da bile, especialmente se isso tiver ocorrido durante uma gravidez anterior ou tratamento com estrógenos;
  • se a bilirrubina (um produto da degradação de pigmento do sangue) em seu sangue estiver elevada, por exemplo, devido a um distúrbio de excreção congênito (síndrome de Dubin- Johnson ou de Rotor);
  • se você tiver um tumor no fígado ou tiver tido algum anteriormente;
  • se você tiver dor intensa no estômago, fígado aumentado ou observar sinais de sangramento no abdômen;
  • se ocorrer porfiria (distúrbio do metabolismo do pigmento do sangue) pela primeira vez ou houver recorrência;
  • se você tiver ou tiver tido, ou se você for suspeita de ter um tumor maligno dependente de hormônios, por exemplo, câncer de mama ou útero; 
  • se você sofrer de distúrbios graves do metabolismo de gorduras; 
  • se você sofrer ou tiver sofrido de inflamação do pâncreas e isso estiver associado a aumento intenso das gorduras no sangue (triglicérides);
  •  se você estiver sofrendo de enxaqueca pela primeira vez; 
  • se você sofrer de dor de cabeça incomum, intensa, frequente ou de longa duração; 
  • se você sofrer ou tiver sofrido de enxaqueca acompanhada de distúrbios de sensação, percepção e/ou movimento (enxaqueca complicada ou “enxaqueca com aura”); 
  • se você tiver distúrbios da percepção repentinos (visão ou audição); 
  • se você tiver distúrbios de movimento (principalmente, sinais de paralisia); 
  • se você observar piora de crises epilépticas; 
  • se você sofrer de depressão grave;
  • se você sofrer de um determinado tipo de surdez (otosclerose) que se tornou pior durante gestações anteriores; 
  • se por algum motivo desconhecido você não menstruar; 
  • se você tiver crescimento excessivo anormal da camada interior do útero (hiperplasia endometrial);
  • se por algum motivo desconhecido, ocorrer sangramento da vagina. Se uma dessas condições ocorrer durante a administração do AIXA, pare imediatamente de tomá-lo.

 

Como usar Aixa?

Você deve tomar um comprimido de AIXA todos os dias, durante 21 dias, no mesmo horário, como por exemplo, logo antes do horário de dormir. Os comprimidos devem ser ingeridos inteiros. Após este período, uma pausa de 7 dias deve ser respeitada, reiniciando-se uma nova cartela no 8º dia. Na posição da cartela marcada com o dia da semana correspondente (por exemplo, “Dom” para domingo) pressione para fora o primeiro comprimido e tome-o sem mastigar. Você deverá tomar outro comprimido todo dia na direção da seta, se possível no mesmo horário, de preferência à noite. Se possível, o intervalo entre a ingestão de dois comprimidos deverá ser sempre de 24 horas

ADVERTÊNCIA DE USO:
A PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.