Passe o mouse sobre a imagem para ampliar.

Compartilhe

Pyloripac 7 Blister

Saiba mais sobre este produto

PyloriPac

PyloriPac IBP


Lansoprazol 30 mg + Claritromicina 500 mg + Amoxicilina 500 mg


Uso adulto



Indicações - Alívio dos sintomas dispépticos relacionados à infecção por Helicobacter pylori e sua erradicação; pacientes com úlceras ativas ou história de úlcera há um ano.


Contra-indicações - Hipersensibilidade aos componentes da fórmula, à eritromicina, a outros macrolídeos e às penicilinas; distúrbios eletrolíticos, problemas cardíacos; tratamento com terfenadina.


Precauções e advertências - Não abrir ou mastigar as cápsulas; cautela em pacientes idosos, com disfunção hepática e/ou insuficiência renal moderada ou grave; possibilidade de resistência cruzada com outros macrolídeos; pode ocorrer anafilaxia, principalmente em histórias de hipersensibilidade às penicilinas, às cefalosporinas; não existem estudos adequados durante a gestação humana; a amoxicilina é excretada no leite materno.


Interações medicamentosas - Lansoprazol: Pequeno aumento do clearance de teofilina; o sucralfato reduz sua biodisponibilidade; possível interferência na absorção de fármacos que dependam do pH gástrico. Claritromicina: Aumento discreto nos níveis circulantes de teofilina ou de carbamazepina; pode elevar os níveis séricos de medicamentos metabolizadas pelo citocromo P-450. Amoxicilina: A probenecida pode aumentar seu nível sérico; pode antagonizar os efeitos de antibacterianos bacteriostáticos. pode exercer ação bactericida sinérgica com amicacina, gentamicina, canamicina, tobramicina, ácido clavulânico e sulbactam; aminoglicosídeos e penicilinas; pode aumentar a absorção da digoxina e reduzir a eficácia dos contraceptivos orais.


Reações adversas - Lansoprazol: Diarréia, cefaléia, tontura, náusea, constipação, epigastralgia, flatulência, mal-estar. Claritromicina: Elevação transitória de enzimas hepáticas (hepatite colestática e/ou hepatocelular, com ou sem icterícia, reversíveis), insuficiência hepática; glossite, reações alérgicas de leves a graves. Amoxicilina: Rash eritematoso e urticária; náusea, vômitos e diarréia, aumento das enzimas hepáticas, anemia, trombocitopenia, agranulocitose.


Posologia - Uma cápsula de lansoprazol 30 mg (cartela vermelha), uma vez ao dia, por uma a duas semanas, antes ou após o esquema tríplice; uma cápsula de lansoprazol 30 mg, um comprimido revestido de claritromicina 500 mg e duas cápsulas de amoxicilina 500 mg, todos ingeridos pela manhã e à noite, em jejum, por uma semana, antes ou após o uso isolado do lansoprazol (cartela vermelha). Idosos: Lansoprazol: cautela em disfunções hepáticas; claritromicina: ajustar a dose mediante comprometimento renal grave; amoxicilina: mais suscetíveis a apresentarem insuficiência renal, podendo requerer um ajuste na dose.


Apresentações - PYLORIPAC: Caixas com 7 cartelas do esquema tríplice. PYLORIPAC IBP 14: Caixa com 7 cartelas do esquema tríplice + 14 cápsulas de lansoprazol. PYLORIPAC IBP 28: Caixa com 7 cartelas do esquema tríplice + 28 cápsulas de lansoprazol.


Venda Sob Prescrição Médica.


Ao persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado.


Material destinado aos profissionais de saúde habilitados a prescrever ou dispensar medicamentos.


Registro no M.S. 1.0181.0319.


MEDLEY S/A Indústria Farmacêutica.


Registro do medicanmento na Anvisa: 101810319

Princípio ativo: LANSOPRAZOL/CLARITROMICINA/AMOXICILINA

Nome do Fabricante: MEDLEY COMERCIAL E LOGISTICA LTDA .

Acessar a versão mobile do site.